Ninguém liga pra você (e isso é ótimo)

📅Atualizado em 24/06/2020 – ⏱Tempo de leitura: 2 minutos

Sabe aquele momento em que você chega atrasado a uma aula? A sala lotada, todos olham. Você procura um lugar o mais rápido possível.
Poisé, por mais que na hora você sinta constrangimento, é fato que em poucos minutos os seus colegas nem se lembram mais do ocorrido.

Sabe por que? A verdade é que, com raríssimas exceções, ninguém liga pra você.

Nos últimos tempos tenho conversado com muitas pessoas que sentem receio ao expressar suas ideias em redes sociais, por exemplo. O cuidado com a comunicação, para não ser mal interpretado, é mais do que compreensível. Mas quando ele é alimentado além da conta, não é um bom sinal.

Para a imensa maioria das pessoas, o que fazemos ou deixamos de fazer da nossa vida não tem nenhuma importância. Esse temor excessivo, essa insegurança sobre o que os outros vão pensar é só um mecanismo de autopreservação que não se baseia na realidade.
Além do mais, significa perder uma grande oportunidade.

Por que digo isso? Hoje temos uma possibilidade que outras gerações não tiveram, que é a de cada um poder consumir e produzir conteúdo de forma instântanea. É a era da informação descentralizada. Nunca foi tão fácil transmitir o que aprendemos. Está literalmente na palma da sua mão.

Além do mais, precisamos ter em mente uma hierarquia de importância das coisas.
Muita gente não gosta de você ou não simpatiza com sua cara e você nem sabe disso. Já pensou se este fosse um motivo para não agir? Provavelmente você não faria nada.

De um lado, pode continuar receoso e não compartilhar ensinamentos que vão efetivamente fazer a diferença para os outros. Ninguém fala nada de você, mas ,ao mesmo tempo, deixa de ajudar muita gente. De outro, ao resolver se posicionar, contribuir de forma efetiva com aquilo de melhor que tem a oferecer, não se surpreenda com o silêncio de pessoas conhecidas. Não espere apoio ou elogios efusivos. Talvez te ridicularizem, talvez façam comentários depreciativos pelas suas costas. Só que aí poderá vivenciar a maravilha que é fazer a diferença para pessoas que estariam longe do seu alcance fora do mundo virtual. Efetivamente agregar valor. Ensinar e aprender ao mesmo tempo com o contato de experiências.

E daí se vierem falar besteira? Seu papel supera isso, e por muito. E quem realmente gosta de você, que quer ver seu crescimento, irá te apoiar.

Se tenho receios? É claro que sim.

Acontece que muitos deles, os mais bobos, já ficaram pelo caminho.

Hoje vejo que o conhecimento só é válido quando colocado em prática e compartilhado.

Ao fazer isso, você tem a oportunidade de reunir um conjunto de reflexões e experiências únicas, contribuindo com a experiência do outro. Você exerce sua individualidade.

E ao exercê-la bem, quem sabe não podemos fazer uma diferença, ainda que pequena, no Mundo?

Gostou do texto? Curta e compartilhe!

Acompanhe meu trabalho no Instagram: http://instagram.com/luizgcoimbra/?hl=pt-br

Publicado por luizgcoimbra

Sou medico, formado pela Universidade Federal Fluminense e futuro psiquiatra. Em minha prática busco sempre associar conhecimento de outras áreas, como filosofia, ao conhecimento médico para que consiga ver a saúde de forma mais completa. Tenho um gosto especial por leitura, meditação e todas as práticas que envolvem uma vida saudável. Acredito que a comunicação é a nossa principal ferramenta como profissionais e devemos usá-la da melhor maneira para levar conhecimento a todos. Se quiser conhecer melhor meu trabalho, me siga no Instagram: instagram.com/luizgcoimbra

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: