Intolerância à Lactose

O que é

É um distúrbio causado pela incapacidade (parcial ou completa) da digestão do principal açúcar do leite e seus derivados, a lactose, devido à produção insuficiente da enzima lactase.

Pessoas com intolerância não possuem a quantidade necessária da enzima para fazer a quebra do açúcar e digeri-lo de forma correta. Essa enzima, conhecida como lactase, é produzida e tem ação no intestino, fazendo a quebra do açúcar, lactose, realizando sua digestão. Com a carência da enzima, não há essa digestão e absorção correta dos nutrientes ocasionando alguns sintomas e caracterizando essa intolerância.

Classificação

  1. Primária: esta é adquirida e relacionada à genética da pessoa, quando ocorre a não persistência da enzima causando a má-absorção da lactose. Muito comum entre jovens e adultos.

Ex: nesta condição, a quantidade de lactose que pode causar desconforto varia de indivíduo para indivíduo.

2. Secundária: ocorre devido a alguma deficiência ou lesão do intestino, relacionada a doença que pode acometer o intestino. Pode ser temporária ou permanente.

Ex: existem doenças inflamatórias do intestino, Doença de Crohn e entre outras que podem causar deficiência à lactose pois acometem a parede intestinal.

3. Congênita: existem situações um pouco raras, em que a criança nasce com incapacidade de produção da enzima podendo rejeitar até mesmo o leite materno. É uma condição, também, muito ligada à genética.

Ex: crianças prematuras são mais dispostas a desenvolver intolerância uma vez que os níveis de enzima só aumentam a partir do terceiro trimestre de gravidez.

Sinais e sintomas

  • Inchaço;
  • Enjoo;
  • Cólicas abdominais;
  • Gases;
  • Cólica abdominal;
  • Vômitos;
  • Diarreia (ou até mesmo constipação).

Diagnóstico

O diagnóstico é clínico e deve ser feito sempre por um médico. Pode vir acompanhado de alguns exames como o Teste de Hidrogênio e Análise Molecular, por meio da genética, por exemplo.

Caso persistam alguns dos sintomas após o consumo de algum alimento derivado do leite (exemplos na lista a seguir), procure seu médico ou o posto de saúde mais próximo.

Como lidar?

É muito importante que, a partir do diagnóstico e até mesmo durante os exames ambulatoriais, a pessoa saiba que deva evitar produtos laticínios mas não abolir. Ou seja, uma restrição dietética.

Porém, apesar do que muitos pensam, nos dias de hoje é muito comum encontrarmos esse tipo de produto sem lactose e de fácil acesso. A indústria alimentícia evoluiu muito ao longo dos anos nesse ramo, o que deixa a dieta para quem tem intolerância muito mais prazerosa.

  • Alguns alimentos com lactose
    • Leite de vaca (todos os tipos);
    • Leite condensado;
    • Leite de cabra;
    • Creme de leite;
    • Queijo;
    • Sorvete;
    • Iogurte;
    • Biscoitos;
    • Manteiga.
Muitas indústrias cresceram para atender o público com intolerância à lactose, muitos produtos derivados do leite já são disponíveis dessa forma. No entanto, deve-se conferir sempre a embalagem a fim de prevenir algumas fraudes.

Tratamento

O principal ponto do tratamento é diminuir o consumo da lactose por meio de alimentos rotulados. Consiste também, de maneira primordial, no entendimento do paciente a partir da relação com seu médico para chegar a melhor dieta e método de tratamento.

No entanto, a maior parte dos pacientes com intolerância à lactose tolera consumo em média de 250mL de leite de vaca ou equivalente (12g de lactose) ao dia – o que também varia de pessoa para pessoa.

Existe o tratamento com suplementos enzimáticos, esses comprimidos podem ser adicionados a comidas e bebidas que auxiliam na eficácia da digestão.

Assim como suplementação de pro e prebióticos, que atuam aumentando a capacidade de fermentação da lactose para melhor absorção.

Referências

Genomic, Engenharia Molecular – https://genomic.com.br/intolerancia-a-lactose/

T. Di Rienzo, G. D’Angelo, F. D’aversa, M.C. Campanale, V. Cesario, M. Montalto, A. Gasbarrini, V. Ojetti
Lactose intolerance: from diagnosis to correct management

Portal PEBMED – Clínica Médica / Como diagnosticar e tratar a intolerância à lactose?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: