Por que ter um animal de estimação pode aumentar meu humor e manter meu cérebro saudável?

Os animais de terapia há muito tempo são companheiros confiáveis ​​de pessoas com deficiência. Agora, animais de todos os tipos estão provando seu valor para indivíduos que lidam com uma ampla gama de condições de saúde mental, incluindo depressão e até demência.

A fisiologia ajuda a explicar por que os animais são terapeutas tão eficazes para todos nós. Simplesmente acariciar um animal pode diminuir o nível do hormônio do estresse cortisol e aumentar a liberação do neurotransmissor serotonina, resultando em pressão arterial e batimentos cardíacos mais baixos e, possivelmente, em humor elevado.

Animais de estimação podem trazer calma e companheirismo

Seja você um adulto mais velho, um paciente que lida com problemas de saúde mental ou um cuidador, é fácil sentir-se sozinho e oprimido. A depressão também não é incomum, um subproduto do isolamento e da solidão.

Nesses casos, o vínculo com um animal pode ajudar a preencher esse vazio com apoio social e, principalmente dos cães, amor incondicional.

Um estudo australiano de 199 pacientes que estavam lidando com problemas de saúde mental, como depressão, ansiedade ou transtorno de estresse pós-traumático, descobriu que 94% relataram uma “redução da ansiedade por estímulo tátil” graças a um cão de assistência psiquiátrica (DAP). Além disso, 51% dos pacientes relataram que sua DAP era responsável por “interromper comportamentos indesejáveis”.

Animais de estimação também podem promover conexões humanas para seus donos. Pegue um cão para passear e estranhos que nunca sonhariam em se aproximar de você em outras situações iniciarão uma conversa centrada no animal. Mesmo um simples sorriso de um transeunte é uma conexão que pode alegrar o seu dia.

Uma pesquisa realizada com 14 adultos residentes na comunidade com 65 anos ou mais com animais de estimação pela revista Aging & Mental Health descobriu que seus animais de estimação podem beneficiá-los “fornecendo companhia, dando um senso de propósito e significado, reduzindo a solidão e aumentando a socialização”.

Mas, além de cumprir a cobrança como melhor amigo do ser humano, há outro benefício que animais de estimação, principalmente cães, podem trazer aos proprietários.

O benefício extra do exercício

Se seu animal de estimação é um cachorro, especialmente um ativo que adora passear, isso pode render um segundo benefício igualmente importante: exercício físico, que também é essencial para um estilo de vida saudável para o cérebro.

É concenso que os adultos precisam de pelo menos 150 minutos por semana de atividade aeróbica de intensidade moderada para obter boa saúde e dobrar esse valor para obter maiores benefícios à saúde. Uma caminhada rápida (pelo menos 5 km/h, cerca de 20 minutos) é qualificada como atividade de intensidade moderada.

A recompensa se estende além da saúde cerebral aprimorada até o controle de peso, melhor aptidão cardiorrespiratória e força muscular além de risco reduzido de doenças crônicas e assassinas, como doenças cardíacas, derrames, câncer e diabetes.

Sabe-se que o exercício físico e o exercício aeróbico em particular são muito benéficos para a manutenção da saúde do cérebro, mesmo em pessoas em risco de desenvolver demência e doença de Alzheimer (DA). Você pode fazer uma grande diferença em termos de como seu corpo está funcionando e, como resultado, como seu cérebro está funcionando.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: